28 de setembro de 2016

Reeducação alimentar x Dieta x Regime




Hoje em dia o termo reeducação alimentar está sendo muito usado para falar em alimentação saudável e o segredo do emagrecimento. Mas o que e realmente a reeducação alimentar?
Reeducação alimentar e um processo de aprendizagem, de mudanças de hábitos, onde geralmente se consegue através de nutricionistas, endócrinos e profissionais de educação física, entre outros da área. A reeducação e um processo que deve ser criado a partir dessa aprendizagem, que vai trazer vários benefícios para a vida e não somente o tão sonhado emagrecimento. A reeducação alimentar pode ter vários objetivos: perda ou ganho de peso, controle do colesterol, da glicose ou até de inúmeras outras doenças e situações que exigem uma mudança na alimentação, como por exemplo, a cirurgia bariátrica.



Com o passar da nossa vida, construímos nossa vida alimentar, e muitas vezes vem do histórico familiar, emocional e nos trazem lembranças preciosas, abrir mão dessa alimentação muitas vezes se faz necessária, mas quando falo abrir mão, quero dizer trocar o alimento não saudável por um saudável, ou até mesmo consumir pouca quantidade esporadicamente.
Mudar hábitos não é fácil então enquanto você busca o conhecimento cair e levantar várias vezes faz parte dele o grande segredo e não desistir só porque comeu algo que não deveria, o resultado vem com o tempo, pois assim como engordar não foi adquirido da noite para o dia, a busca do peso ideal também não será. Aqui vou deixar uma tabela com alimentos saudáveis que você pode fazer a troca na hora da alimentação, ou adaptar no seu dia, mas o ideal e procurar um nutricionista.
Lembre-se de colocar no seu prato um alimento de cada grupo. Comer a cada 3 horas e ingerir  pelo menos 2 litros de água por dia.
Com está tabela, pode iniciar sua reeducação alimentar, mas só indico até a data da consulta com um nutricionista, pois não sou profissional da área, estou baseando está tabela por uma que a nutricionista me mostrou.

Tabela
Grupo 1
Batata doce
1 unidade pequena
Macarrão
1 pregador
Purê de batata
2 colheres
Arroz branco
3 colheres de sopa
Batata cozida
2 batatas pequenas
Biscoito água 
5 unidades
Pão francês
1 unidade sem miolo de preferência ao integral
Bolo caseiro
1 fatia fina

Grupo 2
Acelga/couve-manteiga
A vontade
Abobora /couve-flor
2 pedaços médio
Chuchu/tomate
A vontade
Alface/agrião
A vontade
Escarola/ berinjela
A vontade

Grupo 3
Abacaxi
2 fatias médias
Abacate
1 colher de sopa
Banana
1 unidade
Laranja
1 unidade
Mamão papaia
Meia unidade

Grupo 4
Leite desnatado
1 copo de 200 ml
Iogurte desnatado
1 copo de 200 ml
Queijo fresco
1 fatia grande
Manteiga light
Meia colher de sobremesa
Requeijão light
1 colher de sopa

Grupo 5
Bife grelhado
1 unidade média
Filé de frango
1 unidade média
Peixe cozido/assado
1 file grande
Ovo cozido/omelete
2 unidades
Carne cozida
4 pedaços pequenos

 Exemplos baseado na tabela acima.

Bom agora vamos falar da dieta!
Dieta nada mais e que uma prescrição que deveria ser somente medica, feita para um indivíduo com um objetivo especifico, que varia muito de pessoa para pessoa, pois pode ser por motivo de saúde como quando alguém tem alergia ao leite, ao glúten, ou por motivo cirúrgico, e por diversos outros motivos, mas cabe ao médico indicar o melhor para cada um, e não uma dieta feita a partir do nada, mas logico que vai te trazer um emagrecimento, mas ao mesmo tempo traz também um déficit de proteínas, vitaminas, minerais e o pesadelo absoluto de  todos nós o efeito sanfona. Por isso falo, não cai nessa de fazer dieta sem antes procurar um médico, só porque sua vizinha conseguiu aquele corpinho e te falou que foi com tal dieta. Dieta e uma alimentação balanceada feita a base de informações pessoais de cada indivíduo.


Agora falar de regime, mas falar de regime porquê? Não é a mesma coisa que dieta? Sim e não! Parecem ter o mesmo significado, mas não tem, dieta geralmente e por motivo de saúde e regime são aqueles famosos, “ da lua, do sol, da sopa, do abacaxi” e tem muitos outros, sempre com o mesmo objetivo emagrecer, acaba restringindo muitos alimentos com resultados rápidos e os mais absurdos possíveis. A intenção e boa, mas o efeito que vai causar na sua vida não, o efeito sanfona será inevitável, e o peso que foi perdido será recuperado e muita das vezes vem em dobro, fora a deficiência nos alimentos que pode causar diversos distúrbios alimentares, ficar sem comer ou comer pouco, nunca é o ideal a fazer. Quando o corpo necessita de um maior equilíbrio na alimentação, seja para perda de peso ou mesmo para ganho, é importante buscar o acompanhamento de um profissional da área de nutrição. Ele irá identificar os excessos e carências nutricionais e indicar a alimentação mais balanceada para seu organismo, visando resultados saudáveis e uma qualidade de vida melhor.
Bom gente, hoje ficamos por aqui, deixem seu comentários.
 bjinhos até mais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.